Criatórios Mangalarga Marchador - Edição Kafé - page 130

126
Como já citado, o criatório Kafé iniciou sua tropa com o registro em livro aberto de doze éguas. Elas nasceram do
cruzamento das matrizes que foram originadas do plantel do pai de Tonhão, Antônio de Pádua, com os garanhões
Abismo, Apogeu e Acadêmico, que tinham sangue CJ (Celso Junqueira), de propriedade do seu sogro, José Tércio
Costa. Conheça as doze éguas que deram início à tropa Kafé:
As primeiras matrizes Kafé
Alteza Kafé
De pelagem alazã, Alteza Kafé deu à luz ao seu
primeiro potro em 1985. Ao cruzar com o garanhão
Urutau do Solarzinho, a égua originou importantes
animais como: Dondinha, Esteio, Folião e Grandeza.
Deixou bons frutos também com o cavalo Original
de Santa Lúcia. São eles: Hortência, Judia, Limusine,
Odara e Quina. Odara hoje pertence ao Haras
Malboro e Quina, que atualmente é de propriedade
do Haras Serra Bela e já foi utilizada na reprodução
dos animais do Haras Minas Gerais. Os descendentes
de Alteza Kafé a levaram a ocupar posição de destaque
no Livro de Elite da ABCCMM.
Odara Kafé (Filha)
Quina Kafé (Filha)
01. Reserva; 02. Folia; 03. Anarquia; 04. Princesa; 05. Rainha; 06. Boneca; 07. Batalha; 08. Bandeira
01
02
03
04
05 06
07
08
1...,120,121,122,123,124,125,126,127,128,129 131,132,133,134,135,136,137,138,139,140,...156